Aborto: tema volta à discussão no Congresso

Comissão especial da Câmara pode rever abortos legais. VEJA ouviu quem defende e quem repudia a interrupção da gravidez para saber seus argumentos

Uma comissão especial da Câmara dos Deputados discute uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que pode rever os abortos previstos pela lei — em casos de estupro, risco à vida da mãe e de fetos anencéfalos. A PEC 181 de 2015 chegou do Senado à Câmara como uma proposta trabalhista, que propunha aumentar a licença-maternidade em casos de bebês prematuros: de 120 dias, a licença seria expandida para a quantidade de tempo no qual os recém-nascidos ficassem internados. Contudo, o relator da emenda, deputado Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP) incluiu no seu parecer uma alteração nos artigos 1º e 5º da Constituição Federal que estabelecem o direito à vida “desde a concepção”, o que pode tornar ilegal as interrupções realizadas nas três situações acima.

VEJA ouviu quem defende e quem repudia a interrupção da gravidez para saber o que pensam sobre a legalização do aborto e, especificamente, sobre a PEC que tramita no Congresso.

Leia na íntegra em: http://veja.abril.com.br/tveja/em-pauta/aborto-tema-volta-a-discussao-no-congresso/